Japamala Rudraska

 

 9.90

Contas Rudraksha este Terço Tibetano representa Shiva.

O símbolo de bons auspícios, e traz ao usuário a paz interior, conhecimento, poder e iluminação.

Origem Índia

Japamala Rudraska com 108 Contas

Perímetro Aprox. – 96 Cm

Comprimento Aprox. – 48 Cm

Diâmetro de cada conta Aprox.- 6 m.m.

Quantid:
Guardar
SKU: INLSRD6. Category: .

Descrição

Estas sementes são originárias da Índia, Indonésia e Nepal. Enquanto fruto, apresenta-se como uma pequena esfera azul. Pode ser encontrada com variações de forma, tamanho e coloração. As variações são devido à quantidade de gomos ou “mukhi” que formam as sementes. As cores são variações do marrom.

Rudraksha significa “lágrima de Rudra” e Rudra é um nome do Sr. Shiva, o Benevolente Senhor da Compaixão e Transformação.

As sementes de Rudrakshas contêm um número determinado de linhas, que corresponde às influências planetárias, sendo uma para cada planeta.

Alguns japamalas são feitos com sementes de 5 “mukhi” (linhas ou gomos).

As rudraskas têm a propriedade de harmonizar a pressão sanguínea de quem as usar, além de pacificar os pensamentos e ajudar a eliminar as doenças do corpo e efeitos maléficas das energias de Júpiter.

Ao usar estas rudrakshas haverá melhora na inteligência e, cada vez mais, melhora no uso das palavras, no contacto com a beleza, no conforto e na harmonia familiar.
As pessoas que usam rudrakshas de 5 “mukhi” (panchamukhi) conseguem permanecer no caminho da verdade e da bem-aventurança e estão sempre muito protegidas, a morte não se aproxima fora de sua hora.

Há uma fina sintonia com os 5 elementos e todos os inimigos são derrubados ou afastados, portanto são óptimas para as práticas espirituais.

Simbolismo e propriedades físico-químicas da semente de Rudraksha.
Na cultura do Yoga a presença da semente de Rudraksha e muito comum em colares, pulseiras, altares ou objectos decorativos de seus praticantes e aprofundar seu significado e conhecimento pode fortalecer a consciência, correta utilização e benefícios dessa semente.
Segundo a enciclopédia Wikipededia, Rudraksha é uma árvore alta que é natural desde as planícies do rio Ganges, na Índia, ate o Himalaia, e ocorrendo em certas áreas centrais do Nepal.

Propriedades electromagnéticas ideais para concentração e foco.
O Rudra Centr coordenou um estudo combinado para a investigação biomédica das implicações do Rushraksha com os departamentos de Bioquímica, Engenharia Eléctrica, Psiquiatria, Medicina Gerak e Psicologia revelando:

Efeito tranquilizante propicio para desenvolver profundo foco e concentração causado pela redução da pressão arterial estimulada por uma bateria suspensa no estado seco na semente mas que volta a se reproduzir ao se humedecer no contacto com a pele.

No processo de reprodução a bactéria emana impulsos electro-magnéticos e substancias na pele que induzem ao estado tranquilizante.

Simbolismo:

O nome rudraksha, em sânscrito, é um termo composto (rudra (रुद्रः) = deus dos trovões + ākṣa = olho) que é dado tanto a esta árvore como também a seus pequenos frutos e sementes
A rudraksha faz parte íntegra do hinduísmo, um dos sistemas religiosos com o histórico mais antigo do mundo, onde há muito vem sendo associada à figura mitológica do Senhor Shiva.
Uma das historias conta que Shiva ficou em meditação por 1000 anos com os olhos semi serrados ate que seus olhos finalmente cederam e a primeira lagrima que caiu de seus olhos no terreno tornou-se uma Rudraksha.
Outra Lenda nós diz que: Rudraksha significa “lágrima de Shiva”, “Rudra” é um dos nomes do Senhor Shiva, geralmente atribuído à sua forma mais anciã, e “Akasha” significa lágrima. Conta a lenda que o Senhor Shiva, ao ver o sofrimento da humanidade, se encheu de compaixão e chorou, e suas lágrimas, ao caírem na terra de Bharata (a antiga Índia, que antes compreendia o conjunto maciço de todos os continentes), viraram as sementes de Rudrakshas

Também pode gostar…